Museu Afro Brasil

Av. Pedro Alvares Cabral, s/n
Parque Ibirapuera – próximo ao Portão 10
04094-050 São Paulo/SP - Brasil - Tel: +55 11 3320-8900


Horário de Funcionamento
De terça a domingo: das 11h às 17h.


Ingresso:
Entrada Inteira: R$ 15,00 // Meia Entrada: R$ 7,50
ATENÇÃO: em decorrência da pandemia da COVID-19, a venda de ingressos está sendo feita de maneira remota (online).




INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

Em decorrência da pandemia da COVID-19, não haverá venda de ingressos na bilheteria do Museu, sendo que ingressos gratuitos e meias-entradas também deverão ser reservados online.

A equipe do Museu Afro Brasil está treinada e preparada para receber você com toda segurança, proteção e seguindo todos os protocolos de higiene definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Para proporcionar maior segurança para os visitantes e funcionários do museu, neste primeiro momento de reabertura, receberemos 60% da nossa capacidade total, com fluxo controlado de entrada.


Escolha o dia e a hora para a sua visita. É possível reservar simultaneamente 3 ingressos por cada número de CPF. A cada 1h será disponibilizada uma quantidade limitada de ingressos de acordo com os protocolos de segurança e higiene vigentes. Caso o dia ou horário escolhido por você não esteja disponível, por favor tente um outro dia ou horário. Devoluções ou trocas de ingressos adquiridos deverão ser solicitadas com antecedência de até 48 horas. (Fora desse prazo, os ingressos não serão remarcados ou reembolsados)
Caso necessário, envie e-mail para: adm@museuafrobrasil.org.br

SEGURANÇA
Ao visitar o museu sua temperatura será aferida por Termômetro Sensor Infravermelho Digital, pessoas com temperatura acima de 37,5° e com sintomas de gripe/resfriado serão orientadas a buscar cuidados médicos e não poderão acessar o edifício.
Para acessar o museu é obrigatório o uso correto de máscara durante toda a visita, cobrindo boca e nariz. Fotos, vídeos ou selfies tiradas durante a visitação não devem ser feitas sem máscara.

Vários dispensários com álcool gel estão distribuídos pelo museu, faça uso deles à vontade.

Dentro do museu você encontrará sinalizações indicando o sentido de circulação e recomendando o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre pessoas. Cuide-se e cuide dos demais.


 Política de gratuidade

  • público em geral aos sábados;
  • pessoas maiores de 60 anos, mediante a apresentação do documento de identidade;
  • crianças até os 10 anos de idade, mediante a apresentação do documento de identidade;
  • pessoas com deficiência e o respectivo acompanhante;
  • jovens de baixa renda, de 15 a 29 anos, mediante apresentação da Identidade Jovem e documento de identidade;
  • professores, coordenadores, diretores, supervisores, quadro de apoio escolar da rede pública de ensino (municipal, estadual e federal) e funcionários da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo que estejam em atividade, e seus familiares* mediante a apresentação do documento de identidade e o último holerite;
  • alunos de escolas públicas do ensino fundamental e médio, mediante a apresentação de documento comprobatório;
  • associados do ICOM, mediante a apresentação da carteira da organização e do documento de identidade;
  • Guias de turismo, mediante apresentação de documento comprobatório;
  • empregados das Organizações Sociais gestoras de museus e programas culturais do Estado de São Paulo, mediante a apresentação da carteira funcional;
  • servidores públicos da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, mediante a apresentação da carteira funcional;
  • policiais militares, civis, técnico-científicos, em atividade, e funcionários da Secretaria da Segurança Pública do Estado e São Paulo e seus familiares*, mediante a apresentação do último holerite, acompanhado de documento de identidade;
  • portadores do “Passaporte dos Museus” (válido para 1 visita) que utilizarem o mesmo até sua data de vencimento.
*Serão considerados familiares, o cônjuge ou companheira (o), os filhos e menores tutelados ou sob guarda, mediante comprovação documental. Para que os familiares tenham acesso ao benefício, é necessária a presença do titular do direito da gratuidade.

Estacionamento
Sistema Zona Azul dentro do Parque Ibirapuera, acesso pelo portão 3. O cartão é o mesmo utilizado em toda a cidade de São Paulo, porém com o tempo de permanência ampliado.

O cartão de 1 hora vale por 2 horas / 2 cartões de 1 hora valem por 4 horas.

A caminhada até o Museu Afro Brasil, de aproximadamente 600 metros, pode ser feita através da bela marquise traçada por Oscar Niemeyer.


Como chegar ao Museu a pé, de taxi ou de ônibus
Para quem vier a pé, de taxi ou utilizando o transporte público, a entrada mais próxima é o Portão 10 (localizado em frente à Assembleia Legislativa), o Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, que abriga o Museu, é o prédio que pode ser avistado logo na entrada.

Agendamento de visitas
Para agendar uma vista mediadas por um educador do Museu Afro Brasil, é necessário fazer a solicitação de agendamento pelo site clicando aqui e siga as orientações que serão enviadas ao seu e-mail.

Saiba mais +


Loja
Não deixe de visitar a loja do Museu, que oferece grande variedade de itens de temática africana, relacionados às exposições temporárias, diversas publicações e produtos com a marca do Museu Afro Brasil.
BUSCA

Localizado no Parque Ibirapuera, em São Paulo, e inaugurado em 23 de outubro de 2004, o Museu Afro Brasil nasceu por iniciativa do artista plástico e curador Emanoel Araujo, a partir da doação de sua coleção particular.


O Museu está aberto o ano todo, com exceção das seguintes datas:

  • 24 e 25 de dezembro
  • 31 de dezembro
  • 1º de janeiro