VISITAS EDUCATIVAS - Agende a sua!

O Museu Afro Brasil, como forma de aproximar o público do seu acervo, oferece ao público, diariamente, visitas mediadas por uma equipe de educadores, profissionais especializados e pesquisadores comprometidos com as temáticas abordadas nas exposições de longa duração e/ou temporárias. Para isso, disponibiliza duas modalidades: visitas virtuais e presenciais.

VISITAS EDUCATIVAS VIRTUAIS:

Algumas informações importantes para você marcar sua visita virtual:

O agendamento de visitas virtuais pode ser feito através do e-mail: agendamento@museuafrobrasil.org.br

Abrimos a agenda no primeiro dia útil de cada mês para o mês seguinte (aproximadamente com 30 dias de antecedência).

Dias e horários de visitas mediadas por educadores do Museu Afro Brasil: De terça a sexta-feira: 10h30 e 15h00.

Público-alvo: escolas e grupos de com no mínimo 05 e no máximo 30 pessoas por horário.

Faixa etária: a partir dos 11 anos.



Acesso à plataforma e visitação:

As visitas virtuais são realizadas por meio da plataforma Zoom. O link de acesso será disponibilizado até 1 hora antes da visita.

Para uma visita sem atrasos ou intempéries, solicitamos que acessem o link da sala com no mínimo 10 min, de antecedência. 

A visita virtual tem duração de aproximadamente 1 hora.



 VISITAS EDUCATIVAS PRESENCIAIS

O Museu Afro Brasil oferece ao público, diariamente, visitas mediadas por uma equipe de educadores, profissionais especializados e pesquisadores comprometidos com as temáticas abordadas nas exposições de longa duração e/ou temporárias.

Algumas informações importantes para você marcar sua visita presencial:

O agendamento de visitas presenciais pode ser feito através do e-mail: agendamento@museuafrobrasil.org.br

Abrimos a agenda no primeiro dia útil de cada mês para o mês seguinte (aproximadamente com 30 dias de antecedência).

Dias e horários de visitas mediadas por educadores do Museu Afro Brasil: De terça a sexta-feira: 10h30 e 15h00.

Público-alvo: escolas e grupos de com no mínimo 05 e no máximo 60 pessoas por horário.

Faixa etária: a partir dos 9 anos.

Informar se há, no grupo, pessoas com alguma deficiência. (por favor, especifique qual a deficiência e se o visitante necessita de algum recurso específico para que possamos criar as melhores condições para a realização de uma visita adequada).

Para uma visita sem atrasos ou intempéries, solicitamos que cheguem ao museu com no mínimo 10 min, de antecedência. 

A visita presencial tem duração de aproximadamente 1 hora.


OUTRAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES E PROTOCOLOS DE SEGURANÇA SANITÁRIA:

• O Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil oferece atendimento especial para professores de todas as áreas do conhecimento, tanto da rede pública quanto privada, ligados à Educação Infantil, Fundamental I e II, Ensino Médio e Superior. Essa programação está disponível também para educadores vinculados a organizações que atuem na formação complementar de crianças, adolescentes e adultos.

• Atendendo a grande demanda por recursos e conhecimentos relacionados à implantação da lei 10.639/03 que prevê o ensino de conteúdos referentes à História e Cultura Afro-Brasileira no âmbito de todo o currículo escolar, o Museu Afro Brasil oferece em sua programação educativa ações voltadas para reflexão sobre tais conteúdos, sempre tendo como ponto de partida sua exposição de longa duração ou as mostras temporárias.

• A equipe do Museu Afro Brasil está treinada e preparada para receber você com toda segurança, proteção e seguindo todos os protocolos de higiene definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

• Vários dispensários com álcool gel estão distribuídos pelo Museu, faça uso deles à vontade.

ROTEIROS DE VISITA:

Visita virtual inspirada na exposição de Longa duração
Com mais de 8 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XV e os dias de hoje, o acervo abarca diversas facetas dos universos culturais africanos e afro-brasileiros. Atualmente, encontra-se organizado em seis núcleos: África: Diversidade e Permanência, Trabalho e Escravidão, As Religiões Afro-Brasileiras, Festas. O Sagrado e o Profano, História e Memória e Artes Plásticas: a Mão Afro-Brasileira.

BUSCA

O Museu está aberto o ano todo, com exceção das seguintes datas:

  • 24 e 25 de dezembro
  • 31 de dezembro
  • 1º de janeiro