clique aqui para as atividades que necessitam de inscrição prévia 

FEVEREIRO

 
03 de fevereiro | 11h
Oficina: PERCUSSÃO DA BATERIA 013

Para iniciantes ou aficionados, a Oficina de Percussão da Bateria 013 trará ao museu conceitos da cultura do samba, além de técnicas, postura, ritmos e viradas. A oficina contará com 4 oficineiros e serão disponibilizados instrumentos, do chocalho ao surdo de 3a. Venha vivenciar esse divertido projeto sociocultural que visa fortalecer o pertencimento, desde seu surgimento no bairro do Bixiga, em São Paulo.
Presencial | Gratuito | Inscreva-se 

03 de fevereiro | 14h
Bate-papo com Artista: DIEGO MOURO CONVIDA ANA PAULA ALVES E LORRAINE MENDES
O artista Diego Mouro convida a pesquisadora Ana Paula Alves e a curadora Lorraine Mendes para um bate-papo no espaço expositivo da sua primeira mostra individual, “Povoada”, em cartaz no museu.
Presencial | Gratuito

08 DE Fevereiro | 10h30 às 12h 
Visita Mediada Integrada. CAMINHOS PARA UMA ARTE AFRO-BRASILEIRA: DIÁLOGOS ENTRE MAM-SP E MAB EMANOEL ARAUJO
Visita integrada e mediada pelos núcleos de educação do Museu Afro Brasil Emanoel Araujo e do Museu de Arte Moderna de São Paulo, a partir da exposição Mãos - 35 anos da mão afro-brasileira, em cartaz atualmente nos dois museus. A atividade trará referências da 1ª edição dessa mostra, realizada no emblemático ano de 1988, no MAM, e debaterá a função social destes equipamentos culturais, a partir de sua conexão arquitetônica via marquise do Parque Ibirapuera, refletindo sobre seus acervos, diversidade racial, questões de gênero e classe no país.
Presencial | Gratuito | Inscreva-se


EXPOSIÇÃO VIRTUAL - 24H ONLINE

Exposição: “Quilombo São Pedro”
Visite o “Quilombo São Pedro” na exposição virtual resultante da parceria entre o Museu Afro Brasil Emanoel Araujo e a Associação dos Remanescentes de Quilombo de São Pedro, para a campanha “Celebre o Brasil Negro”, do Google Arts & Culture, site que oferece visitas virtuais gratuitas a alguns dos maiores museus do mundo.
Demais imagens que têm obras, nesse caso: a do curso de Agentes de Turismo e a do Webnário da Educação (Zumbi)
Seria importante inserir dados da obra além do crédito do fotógrafo (pelo menos nome do/a artista e da obra)
Caso fique pouco tempo para obter esses dados e rediagramar o layout, podemos manter assim nessa, mas vamos sempre colocar nome da/o artista e da obra em fotos de divulgação nas quais apareçam obras, por favor.  
Clique aqui

Tour Virtual "Museu Afro Brasil - Google Arts and Culture"

Apresentação do acervo digitalizado do Museu Afro Brasil, em parceria com o Google, a partir de onze exposições: "Museu Afro Brasil", "Os irmãos Timótheo", "Sidney Amaral", "Arte, Adorno", "Espírito da África Fotografias de Alfred Weidinger", "Irmandade da Boa Morte", "Panos e tapas", "Irmãs da Boa Morte, Egun e bonecos de Orishás: religiosidade afro-brasileira", "Dsigner e Tecnologia na Escravidão", "O Maracatu e o Guerreiro de Alagoas: festividades afro-brasileiras" e "Ibejis e a Infância Negra".
Clique aqui


Exposição "África no MAB"

Apresentação da coleção de arte africana do Museu Afro Brasil e de conteúdos produzidos a partir deste acervo.
Clique aqui 

Exposição "Universo Gueledé"

A exposição "Universo Gueledé" apresenta as máscaras Gueledés, tradicionais e contemporâneas, que compõem a coleção de arte africana do Museu Afro Brasil e que, juntamente com as Egungun e as Epa, são as mais populares entre o povo iorubá. A exibição compõe o projeto de disponibilização online do acervo do Museu Afro Brasil por meio digital, iniciado em 2021 e conta com atividades de leituras de obras vinculadas à exposição.
Clique aqui

 



BUSCA

O Museu está aberto o ano todo, com exceção das seguintes datas:

  • 24 e 25 de dezembro
  • 31 de dezembro
  • 1º de janeiro