SETEMBRO / 2019




Visitas para grupos espontâneos
08, 15 e 22 de Setembro (domingos), às 14h

Neste domingo, as visitas para o público espontâneo terão como foco temas relativos aos núcleos que compõem a exposição de longa duração e que abordam a História, Memória e Arte dos brasileiros a partir da perspectiva afro-brasileira. 
  
Atividade gratuita
Público-alvo: Livre
Duração: 1h30
Inscrições: Para participar, basta chegar com 15 minutos de antecedência ao horário programado e procurar o setor de acolhimento.



Percursos sensíveis – Visita para acessibilidade
14 de Setembro (sábado), às 14h

Esta visita tem como foco a exposição de longa duração, que será mediada por meio dos sentidos e da percepção de cada visitante. Experiências táteis, sonoras e corporais possibilitarão ao visitante conhecer a história, memória e arte brasileiras na perspectiva afro-brasileira. Esta visita é uma ação do Programa de Acessibilidade Singular Plural.

Duração: 1h30
Atividade gratuita
Público-alvo: livre. 
Inscrições: https://forms.gle/gggf362fiEQ5ijjVA 



Encontro com professores: Escravidão e Cultura Visual no acervo do Museu Afro Brasil
21 de Setembro (sábado) às 14h

A atividade, voltada para professores e educadores, discutirá aspectos centrais da sociedade brasileira do século XIX a partir do tema da escravidão. Será enfatizada a cultura visual desse período, com destaque para a linguagem fotográfica. A partir de mediações na exposição de longa duração do museu, os participantes poderão construir subsídios e metodologias de trabalho com a iconografia oitocentista na sala de aula.

Duração: 2h30
Atividade gratuita
Público-alvo: livre. 
Inscrições: https://forms.gle/MjNJeFdoba8BMEVx6 



Seminário Arte-educação dentro e fora do museu: diálogos entre N’Kinpa (núcleo de Cultras Negras e Periféricas) e Museu Afro Brasil 
28 de Setembro (sábado), das 10h às 17h

O seminário abordará as experiências educativas do Museu Afro Brasil e N’Kinpa – Núcleo de Culturas Negras e Periféricas no desenvolvimento de ações que contribuam para a implementação das leis 10.639/2003 e 11.645/2008, responsáveis por tornar obrigatório o ensino de história e cultura africana, afro-brasileira e indígena em todos níveis de ensino. Serão discutidas as especificidades, de um lado, da atuação educativa em instituições museais, a partir das ações desenvolvidas pelo Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil; e de outro, os projetos no campo da arte-educação já realizados pelo Núcleo N’Kinpa. Os diálogos entre essas duas experiências ajudam a melhor compreender a importância desses espaços educativos (dentro do museu e nos territórios), ampliando as relações entre museu e sociedade. Além disso, pretende-se também apresentar possibilidades em arte-educação, educação museal e patrimonial que visibilizem as histórias e culturas africanas, afro-brasileiros e indígenas em diálogo.

Duração: das 10h às 17h
Atividade gratuita
Público-alvo: livre. 
Inscrições: https://forms.gle/hFXYMerJgusn8vcG9 



Museu na Marquise - Primavera dos Museus
29 de Setembro (domingo), às 14h
Nesta ação, os visitantes do Parque do Ibirapuera são convidados a conhecer o Museu Afro Brasil. Os educadores conduzirão uma breve visita à exposição de longa duração, que será mediada a seguir na marquise do Parque. A história do Parque e a experiência do lazer se encontram com as memórias, artes e histórias afro-brasileiras.  

Duração: 1h30
Atividade gratuita
Público-alvo: livre. 
Inscrições: https://forms.gle/bwJ4kK76ZG5mcbZk8 






OBS: As visitas aos finais de semana são realizadas com grupos de no mínimo 5 e, no máximo, 20 pessoas de todas as idades. Para participar, é necessário chegar com 15 minutos de antecedência ao horário programado e procurar o setor de acolhimento. Duração: 1h30

Aos domingos, o Museu Afro Brasil é pago, valores dos ingressos e política de gratuidade estão disponíveis no endereço www.museuafrobrasil.org.br
BUSCA

O Museu está aberto o ano todo, com exceção das seguintes datas:

  • 24 e 25 de dezembro
  • 31 de dezembro
  • 1º de janeiro