Museu Afro Brasil expõe pinturas de João Câmara

Artista é conhecido por acirrar as tensões entre o social e o político em sua produção

Artista paraíbano é conhecido por acirrar as tensões entre o social e o político em sua produção


O Museu Afro Brasil, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, gerido pela Associação Museu Afro Brasil – organização social de cultura, promove na quarta-feira, dia 20 de novembro, às 11h, a abertura da exposição “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro”.

Com curadoria de Emanoel Araujo, a mostra, um dos destaques da programação em homenagem ao 15° aniversário do Museu Afro Brasil, oficialmente completados neste mês de outubro, o apresenta um conjunto com cerca de 50 obras (entre pinturas e litografias) do artista paraibano radicado em Pernambuco e conhecido por refletir em sua obra as raízes da cultura nacional.

Produzidas entre final da década de 1970 e o início dos anos 2000, os trabalhos que apresentados na exposição “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro” compõem um todo representativo da produção do artista, caracterizada por uma pintura livre e de grandes dimensões. “Outra destacada qualidade desse grande pintor é a carga emocional que caracteriza sua obra, cuja dramaticidade expressionista acirra as tensões entre o social e o político”, ressalta Emanoel Araujo.

Ao longo dos seus mais de 50 anos de carreira, João Câmara tem realizado exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior, além de possuir obras em importantes coleções privadas e em acervos de muitos museus brasileiros e estrangeiros. Suas pinturas de dimensões monumentais o notabilizaram no cenário da arte contemporânea do país, bem como as três famosas séries temáticas que criou: “Dez Casos de Amor”, “Cenas da Vida Brasileira” e “Duas Cidades”, está última apresentada na Pinacoteca do Estado de São Paulo, em 2002.


João Câmara

João Câmara Filho nasceu em João Pessoa, Paraíba, em 1944. Teve seu primeiro contato com as artes plásticas através do curso livre da Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Pernambuco, aos 16 anos, e, desde então, não parou mais de pintar.

Destaca-se em sua produção as seguintes três grandes séries temáticas: Cenas da Vida Brasileira (10 pinturas e 100 litografias), Dez Casos de Amor e uma Pintura de Câmara (diversas litografias, um tríptico, 10 pinturas, 70 gravuras, 22 montagens e 3 objetos) e Duas Cidades (38 pinturas e 18 objetos). Além destas três séries, João Câmara vem compondo, desde os anos 60, um grande repertório de obras não seriadas.

Atualmente o artista reside e trabalha em Olinda, Pernambuco. 


* Lançamento do catálogo “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro”

Ainda no dia 20 de novembro (quarta-feira), às 11h, o Museu Afro Brasil promove o lançamento do catálogo da exposição “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro”. Ricamente ilustrado e com textos de Emanoel Araujo, Aracy Amaral, Mino Carta, Roberto Pontual, Frederico Morais, Almerinda da Silva Lopes, Edward Sullivan e Tadeu Chiarelli, o catálogo reúne imagens de quase 100 obras do artista.


* Seminário reúne João Câmara, Emanoel Araujo e Tadeu Chiarelli

No dia 21 de novembro (quinta-feira), às 14h, o Museu Afro Brasil promove no Teatro Ruth de Souza, o Seminário “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro”. O encontro reunirá os artistas João Câmara e Emanoel Araujo, além do pesquisador Tadeu Chiarelli, numa conversa sobre a produção do artista paraibano radicado em Pernambuco. A atividade é gratuita.






Serviço


• Abertura da exposição “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro” 
De 20 de novembro a 19 de janeiro de 2020
De terça-feira a domingos, das 10h às 17h
Museu Afro Brasil 


• Lançamento do catálogo “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro”
Dia 20 de novembro, às 11h
Museu Afro Brasil


• Seminário “João Câmara - Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro”

Dia 21 de novembro, às 14h
Entrada gratuita
Museu Afro Brasil







Mais informações

Nabor Junior: (11) 3320-8940 | nabor.jr@museuafrobrasil.org.br
Museu Afro Brasil

Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo
Stephanie Gomes: (11) 3339-8243 | stgomes@sp.gov.br